Pular para o conteúdo principal

Zezé Di Camargo e Luciano voltam ao Rio de Janeiro

Dupla leva para o Vivo Rio a turnê “Românticos Demais”


Nem Zezé Di Camargo e Luciano sabem muito bem como é que quase 27 anos se passaram desde que “É o Amor” se consagrou de Norte a Sul do país, sendo, de tempos em tempos, regravada pelas vozes mais plurais da Música Brasileira. Mais que isso: por mais planejamento que tenham traçado nessas duas décadas e meia, parece espantoso até para eles o fato de estarem em voga de modo tão constante, por todo esse tempo, período que parece um grão na história da humanidade, mas que tem absoluta relevância no quebra-cabeça da vida da gente. A profundidade que se faz presente nessa história, de certa forma, inspira a ilusão ótica dos painéis de LED que estampam imagens e cenários ao fundo do palco de “Romântico Demais”, show que celebra, em grande estilo, a apresentação dos 2 Filhos de Francisco, no Vivo Rio, Rio de Janeiro, nos dias 27 e 28 de outubro. Com muitas imagens em telões e efeitos de luzes, “Romântico Demais” é “uma viagem no tempo”. “Teremos aquelas canções que não necessariamente foram trabalhadas nas rádios, de 1991 para cá, mas que o público gosta e sempre cantou e pediu nos shows. Agora, atendemos os pedidos. Segundo Zezé Di Camargo, no repertório, o público poderá contemplar um pedacinho de cada época da dupla, durante toda a sua trajetória e na semana dos namorados, mais especial ainda. “Vai ser um show especial para os namorados num lugar que a gente morre de amores, preparem que vai ser bom demais, repare no play list a seguir:
•       “É o amor”
•       “A Ferro e fogo”
•       “ Tarde Demais”
•       “Pra não pensar em você”
•       “Menina Veneno”
•       “Fui Eu”
•       “Mentes tão ”
•     “Do outro lado da cidade/Ainda ontem chorei de saudade”
•       “Você Vai ver”
•       “Como um Anjo” 
•       “Cada volta é um recomeço”
•       “No Dia em que Saí de Casa”
•       “Fui Eu” (2005)
•       “Defensor” (2015)
•       “Flores em Vida” (2014)
•       “Sonhos de Amor” (2012)

São mais de 40 milhões de cópias vendidas. Só no Brasil, somam cerca de 120 shows por ano, com público médio de 50 mil pessoas, enquanto avançam fronteiras pelo mercado latino vizinho ao Brasil, com sucesso explendoroso. A façanha maior, no entanto, está na permanência constante no top 10 das paradas de sucesso durante esses 26 anos. Em 2005, ao emprestar suas histórias ao cinema para o longa-metragem “2 Filhos de Francisco”, as bilheterias fizeram jus ao histórico da dupla, com quase seis milhões de ingressos vendidos. Em 2018 eles também estiveram em cartaz com o musical sobre a saga dos Camargo, uma produção da T4F.

A “viagem no tempo”, que agora se apresenta,  surge como oportunidade rara, e muito especial em razão da celebração pelos 27 anos de uma história de sucessos, de percorrer toda essa linha do tempo por meio das canções que fazem sua trilha sonora. E, ouvindo todo o repertório, é de se perguntar se realmente se passaram duas décadas e meia, ou se tudo parece ter sido cantado ontem mesmo, um pouco pela falta de noção que a velocidade do tempo nos impõe, um pouco pela permanência dessas canções na nossa memória afetiva. Que Bom!

Fonte: Amanda Galdino

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PADRE EZEQUIEL LANÇA NOVO LIVRO NA BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO

PADRE EZEQUIEL LANÇA NOVO LIVRO NA BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULOEU MAIS FELIZ - Reflexões para o Despertar de uma Vida Melhor (Paulinas) – é o segundo livro lançado pelo Padre Ezequiel Dal Pozzo. A obra aborda temas da vida cotidiana que ajudam as pessoas a refletirem e, consequentemente, viverem melhor. O ser humano é uma tarefa inacabada e suas ações anseiam sempre pela felicidade. O jeito como encaramos a vida e enfrentamos aquilo que nos acontece é que nos conduz a vivermos uma vida melhor. Esse livro ajuda a compreender de forma simples vários temas que propõem reflexão sobre a vida em vários aspectos, em nosso tempo. Diferente de outras obras, esta quer trazer a você textos curtos com temas diversos, que não exigem seguir uma sequência de leitura, onde cada leitor pode desfrutar de pequenos intervalos de tempo ou não, para se abastecer deste conteúdo e receber um impulso maior no encontro com a felicidade. A intenção é que a leitura proporcione questionar-se diant…

Mayck & Lyan se apresentam na Fazendinha em Ribeirão Preto

“Um Pé na Roça e outro na Cidade”
Afinal, Sertanejos ou Caipiras? Quando se trata dessa dupla, isso não faz a menor diferença, pois ambos têm os pés plantados no chão do interior brasileiro, onde sempre pulsa uma alma caipira, aquela de dez cordas, que fez a fama de grandes músicos como Tião Carreiro & Pardinho. Com um repertório que vai de moderna música sertaneja aos clássicos da viola caipira, Mayck & Lyan compõem, arranjam e interpretam uma fileira de sucessos que sempre fazem o público vibrar.

Lyan sempre teve um enorme fascínio por violas. “Ele não podia ver alguém tocando que ficava com os olhos fixos no instrumento. Ele ganhou uma viola aos onze anos e rapidamente aprendeu a tocar”, diz o pai Wilson Meira. Aprendeu a tocar é pouco. Atualmente, Lyan é considerado um dos maiores violeiros da nova geração.

Mayck é dono de registro vocal raro, grave e aveludado, na contramão dos cantores sertanejos que se apresentam por aí. Juntos, a dupla vem conquistando desde o público …

Fred e Gustavo e Luan Santana juntos

Fred e Gustavo lançou na ultima sexta (31) ,clipe da música “Velocidade do esquecimento”, com participação especial de Luan Santana. Além de disponibilizar o vídeo no youtube, este também será o novo trabalho nas rádios do Brasil e em todas as plataformas digitais de download.
Os artistas decidiram gravar o clipe em São Paulo e convidar Luan para participar, além de serem amigos, consideram que o ele é um dos nomes mais importantes da música na atualidade, além de humilde, tem tudo a ver com a canção. “Esse é um projeto objetivo, despojado e tem uma pegada pop, que, com certeza, vai conquistar o público.”, diz Luan Santana.
“Logo que ouvimos a música pensamos: ‘Isto ficou a cara do Luan!’ E quando fizemos o convite, ele topou na hora, com muito entusiasmo”, conta Fred. “Velocidade do esquecimento” é composição do Douglas Cezar e a faixa foi produzida por Felipe Arná, já o clipe teve direção de vídeo da A21 Films e direção geral da ArtinVox.
"O projeto é diferente de tudo que já …