Pular para o conteúdo principal

Do universitário aos clássicos, primeira noite do Festival Brasil Sertanejo reúne ícones do gênero


O público curtiu os shows de César Menotti & Fabiano, João Bosco & Vinícius, Bruninho & Davi, Henrique & Diego, Victor & Leo, Zezé Di Camargo e Luciano e o Clássico com Bruno & Marrone e Chitãozinho e Xororó

Em sua terceira edição, o Festival Brasil Sertanejo se consolidou no calendário mineiro de eventos. Realizado pela Nenety Eventos e o Empresário João Wellington, os dois palcos do festival receberam na primeira noite, 05 de maio, os maiores nomes da música brasileira. O evento reuniu milhares de pessoas na Esplanada do Mineirão, em Belo Horizonte.

As duplas Henrique & Diego e Bruninho & Davi abriram a programação do festival dividindo o palco, com um show animado e inédito.  No repertório, sucessos dos artistas que estão na ponta a da língua dos fãs de norte a sul do país, como “E essa boca aí”, “Se Namorar fosse bom”, “Raspão”, “Malbec” e “Suíte 14”.
Em seguida, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul se uniram no palco do Brasil Sertanejo, com shows de César Menotti & Fabiano e João Bosco & Vinícius. Foi um espetáculo que celebrou os 15 anos do sertanejo universitário, movimento que começou a surgir em meados de 2002 com os irmãos Menotti, em casas noturnas de Belo Horizonte, e simultaneamente com João Bosco & Vinícius no Centro-Oeste do país. Um dos momentos mais emocionantes do festival foi quando César Menotti & Fabiano entoaram à capela o sucesso “É aqui que eu amo”, que foi cantado em coro por milhares de pessoas na Esplanada do Mineirão.
Os irmãos Victor e Leo também se apresentaram na noite de sexta-feira. Conhecidos por sucessos marcantes,  como “Borboletas”, “Vai me perdoando”, “Deus e eu no sertão” e muitos outros, eles apresentaram um show animado, mas sem deixar de lado o romantismo, que é característica dos cantores. O carisma e o carinho com o público por parte dos artistas fez com que uma multidão de fãs se aglomerassem ao redor de Leo, que fez questão de descer do palco e cantar uma música no meio do público.
Os filhos de Francisco, Zezé di Camargo & Luciano, que participaram do Festival Brasil Sertanejo em 2016, subiram ao palco e cantaram músicas que fazem parte da extensa discografia da dupla, como “Será que foi saudade?”, Dois corações e uma história”, “Sonhos de amor”, e sucessos do pop como “Do Seu lado”, da banda mineira Jota Quest.  Os fãs se emocionaram e cantaram em coro a e canção “No dia em que eu saí de casa”, tema do filme 2 Filhos de Francisco.

Um dos momentos mais esperados no Festival Brasil Sertanejo foi a apresentação do show do projeto Clássico, que reúne Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone no palco. Eles emocionaram o público com canções de raiz como “Galopeira”, “60 Dias Apaixonado”, “Sinônimos”, além de “Trânsito parado”, “Um bom perdedor”, “Vida vazia”, “Isso cê num conta” e outras. Os artistas celebraram no palco no aniversário de Chitãozinho, que completou 63 anos, com muita energia na Esplanada do Mineirão.

O Festival Brasil Sertanejo 2017 continuou, com shows de Henrique & Juliano, Gusttavo Lima,
Maiara & Maraísa, Dennis DJ e Leonardo e Eduardo Costa com o show Cabaré. 
Fonte:Por Felipe de Jesus e Heberton Lopes/Grupo Balo de Comunicação

Fotos:Hendrix Ribeiro e Lucas Guerra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zé Vaqueiro comemora sucesso artístico e na vida pessoal

  Zé Vaqueiro comemora sucesso artístico e na vida pessoal Um dos principais nomes da nova geração da música, o cantor Zé Vaqueiro comemora sucesso na carreira profissional e na vida pessoal. Dono de números expressivos nas plataformas digitais, o cantor já curte a nova fase da vida pessoal com o nascimento do seu primeiro filho Daniel, fruto do relacionamento com Ingra Soares. Através das redes sociais, o forrozeiro constantemente tem compartilhado alguns momentos com o filho. “Você veio na melhor hora e me trouxe as melhores sensações. Te Amo meu Filho”, ressalta o cantor em seus posts através das redes sociais. Com os recentes lançamentos, Zé Vaqueiro já soma mais de três milhões de reproduções na plataforma do Sua Música, com o CD “O Original”, além do clipe da música “Letícia”, gravado em Fortaleza, que possui mais de 4 milhões de visualizações no canal oficial, além de mais de 121 milhões de reproduções em todas as plataformas digitais. O clipe pode ser conferido através do canal

Rionegro e Solimões gravam DVD com Gusttavo Lima, Henrique e Juliano e Jorge e Mateus

  Em meio a grande emoção, "A História Continua" foi registrado no último dia 8, em Goiânia. Projeto traz 18 faixas que mesclam inéditas e grandes sucessos Após 18 anos sem gravar um DVD oficial, Rionegro e Solimões fizeram história na noite deste 8 de dezembro de 2021. Foi nesta data que, em meio a uma grande comoção, emoção e muita felicidade a dupla carimbou a concretização de mais um megaprojeto. Nesta última quarta-feira a dupla pisou nos palcos do espaço Dois Ipês, em Goiânia e gravou seu mais novo DVD, “A História Continua”.  O novo projeto reuniu músicas inéditas e grandes sucessos de carreira e teve também a participação especial de grandes medalhões sertanejos, corroborando a grandiosidade do acontecido. É com grande felicidade e orgulho que Rionegro e Solimões revelaram as participações especiais de Gusttavo Lima, Jorge e Mateus e Henrique e Juliano. “Pra nós é uma honra anunciar esses amigos. Com certeza, eles somaram muito no nosso novo produto e vai ser muito d

Esposa de Zé Vaqueiro, Ingra Soares ressalta parceria com o cantor na vida pessoal

  Esposa de Zé Vaqueiro, Ingra Soares ressalta parceria com o cantor na vida pessoal Ao lado do cantor Zé Vaqueiro durante toda a carreira, Ingra Soares reforça a parceria com o forrozeiro fora dos palcos. Juntos há mais de 2 anos, o casal se conheceu ainda quando Ingra tinha uma loja de vendas e havia chamado o forrozeiro para uma parceria. Desde então, os dois começaram a conversar até que surgiu uma admiração entre ambos e tornaram oficial o relacionamento. Presente em todas as fases da trajetória musical de Zé Vaqueiro, Ingra tem construído uma cooperação mútua, sendo o suporte em todos os âmbitos. “Digamos que eu fui um ponto único e bastante importante para a trajetória do Zé. Fui e sou o equilíbrio dele, uma cabeça à parte. Pensamos juntos, criamos ideias e formalizamos um futuro repleto de realizações”, afirma Ingra Soares. Um momento em que a fashionista ressalta a parceria foi quando no início da pandemia, quando estava grávida e o cantor se encontrava em um momento de transi