Pular para o conteúdo principal

Diego e Victor Hugo lançam versão completa do álbum “Ao Vivo Em Brasília”

Gravado este ano, projeto inclui o sucesso “Infarto” e participações de Marília Mendonça, Zé Neto & Cristiano e Dilsinho

A dupla Diego e Victor Hugo segue colhendo os frutos do projeto “Ao Vivo Em Brasília”. Viajando o país com uma agenda cheia, com mais de 20 shows por mês e presença constante nos principais festivais do país, foi liberado hoje (12) nas plataformas digitais a integra do álbum “Diego & Victor Hugo - Ao Vivo em Brasília”. Alguns vídeos já foram lançados durantes os dois primeiros EPs, e nas próximas semanas todos estarão disponíveis no canal de vídeos da dupla no YouTube.

Gravado em Brasília em janeiro, no entorno do Estádio Nacional Mané Garrincha, o projeto traz 14 faixas inéditas e 6 regravações, dentre elas a versão ao vivo do hit “Infarto”, que acumula incríveis 156 milhões de visualizações no YouTube e mais de 63 milhões de execuções no Spotify. Com uma superprodução e mais 100 profissionais envolvidos, a direção de vídeo ficou por conta de Alex Pereira, A1 Filmes - responsável pelo primeiro DVD da dupla. A produção musical foi comandada pelo parceiro de longa data Junior Melo.

O projeto, desde o lançamento do primeiro EP coleciona grandes números, contando com 4 faixas que figuraram no Top200 das plataformas de música, sendo 3 no Top50. As participações especiais são um grande destaque também. Estão presentes: Marília Mendonça, na faixa “Do Copo Eu Vim”, com mais de 42 milhões de views no Youtube e mais de 19 milhões de execuções no Spotify; Zé Neto & Cristiano, em “A Culpa é do Meu Grau”, que acumula mais de 65 milhões de execuções nas plataformas digitais e alcançou o primeiro lugar nas rádios no início da semana, além de figurar no Top50 das plataformas de streaming; e Dilsinho, na música “King Size”.

Em meio a tantas canções, é fácil destacar a voz da dupla, que se sobressai independente da levada da música. Sejam em modões clássicos, ou em uma festa, ou naquela sofrência característica, que Diego e Victor Hugo dominam, como na faixa “Áudio”, um dos destaques do repertório.

Composta por Benicio Neto, Daniel Caon, Junior Gomes, Vinicius Poeta, a faixa é como um áudio enviado para um amor, uma busca por uma resposta para matar a saudade. A mensagem enviada com sucesso alcançou os muitos fãs que gostam da levada mais lenta do violão. O vídeo da música já conta com mais de 10 milhões de visualizações.

Sobre Diego & Victor Hugo
Amigos desde a infância, Diego e Victor Hugo subiram em muitos palcos antes da formação da dupla, foram inúmeros bailes, bandas e muitas histórias. Eles começaram no cenário musical no triângulo mineiro, na cidade de Uberlândia. Após uma vitoriosa participação no Festival de Música Sertaneja de uma rádio local, surgia a dupla de dois amigos e um único sonho.

Victor Hugo escutava suas influências, como Jorge & Mateus, só que na hora que chegavam a eles propostas de canções de outros para gravarem, não se enxergavam ali. Victor Hugo, então, decidiu partir da teoria para a prática e começou a escrever. As músicas começaram a repercutir, mas antes de o fazerem em suas vozes como dupla, apareciam como hits no repertório de outros artistas, que viam ali todo talento melódico depositado.

Eles gravaram um EP de cinco músicas, e uma das composições começou a ser disputada por outros artistas, entre eles o saudoso Cristiano Araujo, até o registro de Henrique & Juliano, de “Calafrio”. A música e o nome da dupla explodiram no universo sertanejo. Já não era mais a dupla de sucesso na tradicional cidade do Triângulo Mineiro, mas no Brasil.

O nome deles começou a correr entre os músicos do gênero e o sucesso cresceu em créditos de composições. Jads & Jadson gravaram “Correndo Risco”, Matheus & Kauan registraram “Se Entrega”, entre outras, Simone & Simaria ficaram com “Amor Mal Resolvido”, Bruno & Marrone entraram em estúdio com música de Victor e até Wesley Safadão gravou duas canções.

O repertório ainda sobrava e, em uma noite na Uberlândia onde nasceram para a música, Diego & Victor Hugo registraram 20 canções que saíram no DVD ao vivo “Sem Contraindicação”, sendo 17 inéditas. Com o sucesso desta primeira gravação, lançaram o EP “Querosene e o Violão”, no ano seguinte, em 2018, que funcionou como um aquecimento para o projeto “Ao Vivo Em Brasília”.


Fonte: Textos + Ideias Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PADRE EZEQUIEL LANÇA NOVO LIVRO NA BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO

PADRE EZEQUIEL LANÇA NOVO LIVRO NA BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULOEU MAIS FELIZ - Reflexões para o Despertar de uma Vida Melhor (Paulinas) – é o segundo livro lançado pelo Padre Ezequiel Dal Pozzo. A obra aborda temas da vida cotidiana que ajudam as pessoas a refletirem e, consequentemente, viverem melhor. O ser humano é uma tarefa inacabada e suas ações anseiam sempre pela felicidade. O jeito como encaramos a vida e enfrentamos aquilo que nos acontece é que nos conduz a vivermos uma vida melhor. Esse livro ajuda a compreender de forma simples vários temas que propõem reflexão sobre a vida em vários aspectos, em nosso tempo. Diferente de outras obras, esta quer trazer a você textos curtos com temas diversos, que não exigem seguir uma sequência de leitura, onde cada leitor pode desfrutar de pequenos intervalos de tempo ou não, para se abastecer deste conteúdo e receber um impulso maior no encontro com a felicidade. A intenção é que a leitura proporcione questionar-se diant…

Fred e Gustavo e Luan Santana juntos

Fred e Gustavo lançou na ultima sexta (31) ,clipe da música “Velocidade do esquecimento”, com participação especial de Luan Santana. Além de disponibilizar o vídeo no youtube, este também será o novo trabalho nas rádios do Brasil e em todas as plataformas digitais de download.
Os artistas decidiram gravar o clipe em São Paulo e convidar Luan para participar, além de serem amigos, consideram que o ele é um dos nomes mais importantes da música na atualidade, além de humilde, tem tudo a ver com a canção. “Esse é um projeto objetivo, despojado e tem uma pegada pop, que, com certeza, vai conquistar o público.”, diz Luan Santana.
“Logo que ouvimos a música pensamos: ‘Isto ficou a cara do Luan!’ E quando fizemos o convite, ele topou na hora, com muito entusiasmo”, conta Fred. “Velocidade do esquecimento” é composição do Douglas Cezar e a faixa foi produzida por Felipe Arná, já o clipe teve direção de vídeo da A21 Films e direção geral da ArtinVox.
"O projeto é diferente de tudo que já …

Edu Strada, dono do hit "Perfume de Mulher", é a nova aposta do sertanejo

Música já alcançou organicamente 320 mil views no Youtube e está disponível em todas as plataformas digitais Edu Strada é a nova aposta do sertanejo. O cantor segue influência de grandes medalhões do gênero, como Leonardo, Eduardo Costa e Zezé di Camargo, mas tem características únicas que o iluminam e o posicionam como uma grande novidade no mercado. Diferentemente dos atuais nomes do mercado, Edu segue uma linha mais tradicionais, com letras românticas falando sobre relacionamentos e baladas. Lançado no início deste ano, "Perfume de Mulher" é o primeiro CD profissional de Edu Strada. Composto por 13 músicas inéditas. A faixa título foi a que mais caiu no gosto do público e já alcançou organicamente 320 mil views no canal oficial do cantor no YouTube. A música saiu como um tiro. "Os amigos Everton Matos, Diego Ferrari, Paulo Pires, Ray Antônio, Guilherme Ferraz, Sandro Neto compuseram a música, me mostraram e em pouco tempo ela já estava gravada. Foi coisa divina mesmo”…