Pular para o conteúdo principal

Naiara Azevedo grava no Vidigal e avisa: ‘Esculacho no palco, mas sou um docinho com meu marido’



Do alto do Vidigal, uma vista arrebatadora da orla carioca ao cair da tarde. A lua, cheia, logo se levantou para conferir: naquele momento, Naiara Azevedo tinha o Rio de Janeiro a seus pés. Era o sertanejo dominando o território do funk. No palco, altamente tecnológico, uma piscina virtual de borda infinita se fundia com o mar, real, ao pé do morro. Um deslumbre cercado pela carência da comunidade. “Contraste”. Não poderia ser outro o nome do DVD.
— Escolhi gravar aqui porque gosto do difícil! O fácil, todos fazem. São os desafios que me movem, não me acomodo. Estou pensando agora onde será o próximo. Em cima de uma árvore? — brinca Naiara, que convocou Ivete Sangalo, Wesley Safadão, Gusttavo Lima e MC Kevinho para a “aventura” fechada para convidados, na última terça-feira (dia 10): — É o sertanejo, o axé, o forró e o funk juntos.



Naiara nunca tinha ido a uma favela. Enquanto subia as ladeiras, bateu saudade de outros tempos, ela conta:
— Eu sinto falta das coisas simples do cotidiano... Vi uma mulher sentada no chão lixando as unhas do pé. Há quanto tempo eu não faço isso! E o sacolé a R$ 1? Queria tanto ter parado o carro para provar!
E quem disse que a dieta permitia? A cantora confidenciou que o estômago roncava de fome, enquanto a seleta plateia se fartava com bebidinhas e salgadinhos.


— Ai, esse cheiro me mata! Estou só na maçã, que eu odeio, e no diurético para caber nesse vestidinho aqui, meu bem! Mas, a partir de amanhã, vou me acabar de comer — revelou ela, que desde que ficou famosa já eliminou 33 quilos.
Paranaense radicada em Goiânia, Naiara afirma também ser o contraste em pessoa:
— Sou oito ou 80. No palco, um furacão de energia, que esculacha nas músicas; em casa, um docinho com meu marido.



Se no novo DVD as faixas são todas inéditas, o discurso feminista ainda é o que a consagrou. Na plateia, um rapaz chegou a comentar com outro no meio do show: “Essa mulher detesta os homens, gente! É só cacetada!”.
— Os cantores sertanejos homens sempre fizeram música chamando a mulher de interesseira, de vulgar. Por que não posso cantar o que nós pensamos? Quando é neles dói mais? Olha a minha cara de preocupação com o que eles estão achando ... — provoca.


OS NÚMEROS DA GRAVAÇÃO

17h30 foi o horário de início da gravação, para que se pudesse aproveitar o pôr do sol

220 pessoas trabalharam diariamente, para fazer o DVD acontecer

5 dias de montagem

25 toneladas de equipamentos

30 caminhões para o transporte desse equipamento

150 pessoas na plateia

5 artistas convidados subiram ao palco. Além de Ivete, Safadão, Gusttavo Lima e MC Kevinho, Sabrina Sato deu o ar da graça na introdução de uma das canções

4 trocas de roupa de Naiara Azevedo

5 horas de show no total

16 câmeras gravando em 4k

21 faixas inéditas no DVD


“AVISA QUE EU CHEGUEI (ESTRELA NA TESTA)”

A música que Ivete gravou com Naiara será lançada nessa sexta-feira (13)

Hoje eu vou sair pra dançar
E se a saudade me procurar
Ninguém me viu
Hoje eu acordei virada
Todo o avesso
E até minha lágrima sorriu
Larguei de mão
De quem não quis me dar a mão
Coração não é mais pau mandado
Só faltava um empurrão bem dado
Pra acordar pra vida
Eu não tô sozinha
Avisa que eu cheguei
Que a gente vive apenas uma vez
Então se arrisca, beija, acerta, erra
O amor não vem com estrela na testa
Se deu certo, bem
Se não deu certo, ótimo
Próximo, próximo


Fonte: Extra
Fotos: Roberto Moreyra 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maiara e Maraisa te convidam para curtir "Aqui em Casa"

Novo EP com 8 faixas foi gravado na casa das irmãs, em Goiânia
A dupla Maiara e Maraisa decidiu convidar os amigos, fazer um churrasco de chão e passar a noite cantando. Até aí nada demais para as irmãs, já que elas não negam que adoram receber os amigos em casa. A novidade é que tudo isso foi gravado e as novas músicas serão lançadas no EP “Aqui Em Casa”, com 8 faixas. A primeira, “Aí Eu Bebo”, já está disponível nas plataformas digitais e o vídeo no canal oficial da dupla no YouTube. Maiara explica que o projeto nasceu a partir da ideia de que o palco é a casa do artista. “Trouxemos o "palco" para nossa casa e do nosso jeito, numa mesa rodeado de amigos. Passamos a maior parte do tempo fora e fazendo o que amamos, porque não fazer isso onde vivemos?". Maraisa complementa: “Gravar em casa nos traz muita liberdade, menos pressão e muita verdade”. A dupla quer compartilhar com o público a harmonia da melhor maneira possível. A cada quinze dias um novo vídeo será lançado. …

Os Parazim lançam o single "Amor e Cerveja"

Música marca o lançamento do novo DVD da dupla
Nesta sexta-feira (26/07), Os Parazim, dupla formada pelos irmãos cantores e compositores, Thiago e Samuel, lançam o single "Amor e Cerveja". A canção, que é a primeira divulgada do novo DVD dos artistas (gravado recentemente durante o VillaMix Festival Goiânia), já está disponível nas principais plataformas digitais e em breve, em todas as rádios do Brasil. 'Amor e Cerveja' é uma composição da dupla em parceria com o cantor Angelim e um lançamento Winner Records. A faixa apresenta um ritmo dançante e uma característica única da dupla, a mistura do sertanejo com a singularidade do Pará. "Estamos muito felizes com tudo que vem acontecendo com a gente. Essa é a primeira faixa do lançamento do nosso DVD e a emoção é grande! Esperamos que vocês gostem bastante!!!", comentam os artistas. Vale ressaltar que o videoclipe também está disponível e pode ser conferido no canal oficial dos artistas no YouTube.



Música: Amor e C…

Fabinho e Rodolfo em alta na Europa

A dupla Fabinho e Rodolfo lançou, ontem (29), a nova versão de “Amor pós-briga”. Com arranjos repletos de influências latinas, como a bachata e o reggaeton, a faixa será lançada na Europa – onde os cantores irão realizar, na próxima semana, a terceira turnê no continente. Com a ascensão do reggaeton no Brasil, em 2017 eles gravaram a faixa autoral “Mamacita”; O que os cantores não esperavam seria tamanha aceitação da canção pelo público europeu. Embalados pelo sucesso do single, em abril do ano passado eles fizeram a primeira turnê internacional e se apresentaram em Portugal e Suíça. Posteriormente, no fim de 2018, retornaram para novas apresentações marcadas por casa cheia e reconhecimento das músicas próprias. “O que muito nos surpreendeu nas duas turnês que fizemos, foi o público nativo cantando nossas músicas. Não esperávamos tamanha aceitação da própria comunidade europeia”, comenta Fabinho. O contato da dupla com a Europa surgiu através de uma agência de shows de Portugal, que os c…